quarta-feira, 24 de setembro de 2008

.um diálogo.



– Então começa a rezar, pois somos todos ímpios e impios demais para nos gostar.

– Partimos dos pressupostos errados. Apenas isso.

– E quem vai nos dizer quais são os certos?

– O que eu quero te falar é apenas uma vaga idéia.


Acariciou o cachorro prognata. E se silenciaram antes de iniciar preguiçosamente, mais uma vez, a mesma conversa de ontem.

2 comentários:

LJ e Lzf disse...

Você é prolixo.

Isa disse...

a mesma conversa de ontem... é, sempre conversamos sobre as mesmas coisas... coisas de humanos...